Thiago Pereira, vencedor do Prêmio Figueiredo Ferraz, aborda obra de intervenção na Bank Station em Londres no CBTYM Talks #2 Destaque

Dando continuidade aos encontros online, o CBT Young Members recebeu o engenheiro Thiago Perez Pereira em seu CBTYM Talks #2, realizado no dia 8 de abril. Thiago Pereira foi o vencedor da primeira edição do Prêmio Professor Figueiredo Ferraz do CBT, em 2017. No encontro moderado pelo vice-presidente do CBT YM, Alex Nowak La Flor, Thiago Pereira comentou como surgiu o seu interesse por obras subterrâneas e falou sobre o tema Impacto da construção de um túnel inclinado em túneis operativos existentes em Londres, abordando aspectos da obra na Bank Station – importante estação do metrô de Londres, na Inglaterra – na qual atuou.


O início da carreira

O interesse pelas obras subterrâneas surgiu há seis anos, quando Pereira acompanhou de perto, pela primeira vez, a construção de um túnel durante as obras do consórcio “Centro Seco”, projeto que ampliou o sistema de drenagem de chuva em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

A construção do sistema de túneis, que fazia parte do projeto, surpreendeu o engenheiro de tal maneira que, a partir dali, Pereira passou a estudar mais sobre obras subterrâneas. Buscou e participou de diversos cursos, dentre os quais destacou o curso de Engenharia Geológica de Túneis do Instituto Geológico e de Mineração da Espanha (IGME).

Em 2015, passou a atuar nas obras do Rodoanel Norte, em São Paulo, em que trabalhou na construção de um dos túneis do lote 5. A experiência foi fundamental para que colocasse em prática seus conhecimentos.


Jovem Tuneleiro do CBT

Pereira ingressou no Jovens Tuneleiros do CBT logo que o grupo foi fundado, em 2014, e passou a ser membro ativo da comunidade. Um dos momentos marcantes dessa participação foi a primeira visita técnica às obras da estação Chácara Klabin da linha Lilás do metrô de São Paulo, em 2016. “Aquela visita foi sensacional”, lembrou Pereira. “Havia um TBM (Tunnel Boring Machine) enorme parado no poço, tinha 12 metros de diâmetro. Foi uma experiência muito bacana!”.

Já no fim de sua graduação, o engenheiro não poderia deixar de abordar as obras subterrâneas em seu TCC. Foi convencido pelo então presidente do CBT Young Members, Marlísio Cecílio, a apresentar seu trabalho para o Prêmio Prof. Figueiredo Ferraz. Com o tema Construção de Túneis em Áreas Urbanas com Tuneladora EPB, conquistou o prêmio da primeira edição, em 2017.

Pereira mudou-se, então, para a Espanha, onde começaria seu mestrado na área. Atualmente, mora na Inglaterra. E foi no país britânico que encarou um grande desafio: atuar na construção de um túnel inclinado na quarta maior estação de metrô de Londres, a Bank Station.


Experiência em Londres

A Bank Station é a quarta estação mais movimentada do metrô de Londres. Outras seis estações conectam-se a ela. O projeto visava ampliar a capacidade da estação para receber 40% mais passageiros por ano. Atualmente, a Bank Station atende 98 milhões de passageiros anualmente.

Na apresentação, Thiago mostrou as estruturas do projeto e focou sua abordagem na construção de um dos túneis, chamado Escalator 4, que hoje abriga três escadas rolantes e conecta as estações Central Line e Northern Line.

A equipe de Thiago Pereira foi designada para escavar o túnel Escalator 4. Os desafios principais eram dois: considerar as demais estruturas subterrâneas próximas ao túnel e escavá-lo durante o pleno funcionamento das estações. O túnel foi construído pelo método Sprayed Concrete Lining (SCL).

Durante a palestra, o engenheiro abordou os aspectos do terreno, as características do túnel, apontou as soluções utilizadas para que a construção obedecesse às condições apresentadas e comentou a respeito dos dados de monitoramento dos túneis e das estruturas afetadas pela construção. Ao final, mostrou, por meio de fotos, a obra finalizada sem que nenhum serviço fosse interrompido e sem causar nenhuma degradação às estruturas das estações.

Todos os detalhes da apresentação de Thiago Pereira podem ser conferidos na gravação da live, acessando aqui: https://www.youtube.com/watch?v=7vCgkwnsAmQ


Mensagem aos jovens tuneleiros

O engenheiro finalizou sua apresentação respondendo às dúvidas enviadas durante a transmissão. Ao final do encontro, deixou uma mensagem otimista aos jovens tuneleiros no Brasil: “Continuem estudando. Túnel é uma estrutura muito específica e é importante aliar conhecimento prático ao conhecimento científico. Portanto, mesmo que não estejam acontecendo muitas obras de túneis no país, pesquise projetos feitos fora do Brasil para estudar. Continuem estudando, pois, no futuro, teremos mais obras e mais túneis para construir”.