• 23 Abril 2017
  • CBT
  • 1561

Prêmio José Carlos Figueiredo Ferraz 2017

O CBT - Comitê Brasileiro de Túneis lançou a sua 1º edição do Prêmio Prof. Figueiredo Ferraz no 4º Congresso Brasileiro de Túneis ocorrido nos últimos dias 03 a 05 de abril. O prêmio destina a incentivar a produção de Trabalhos de Graduação, podendo concorrer TCC – Trabalhos de Conclusão de Curso – ou Trabalhos de Iniciação Científica, nas áreas de projeto e construção, operação, manutenção e reforço de túneis, obras subterrâneas e planejamento do espaço subterrâneo. Nesta primeira edição o prêmio foi entregue pela filha do Eng. José Carlos de Figueiredo Ferraz, Sra. Lia de Figueiredo Ferraz, ao primeiro e segundo lugar.

1º Lugar Thiago Pereira Perez

1º Lugar Thiago Pereira Perez; José Carlos Monteiro; José Ivaldo Alves; Rodrigo Bucciolli Pereira pela autoria trabalho: Construção de Túneis em Áreas Urbanas com Tuneladora EPB.

Sobre O Prêmio Figueiredo Ferraz Thiago Pereira Perez fala como foi receber o 1º lugar.

A experiência como ganhador do Prêmio Figueiredo Ferraz não poderia ser melhor. Visto que o trabalho demorou meses para ficar pronto e da qualidade dos outros trabalhos que estavam concorrendo. Foi uma honra receber estre prêmio, ainda mais se tratando da primeira edição.

Receber o prêmio no Congresso foi muito bom, pois tive a oportunidade de conhecer excelentes profissionais. Sei que este prêmio com certeza abrirá novas oportunidades para mim no futuro.


Sobre O Prêmio Figueiredo Ferraz Gabriela Reis Piazzetta fala como foi receber o 2º lugar.

Realmente foi uma ótima surpresa, principalmente por ter sido um trabalho de conclusão de do curso de geologia em um congresso que acabam dominando os trabalhos de engenharia civíl.

Durante o trabalho de Conclusão de Curso ,o TCC, nós alunos temos muitas dificuldades de desenvolver trabalhos práticos.

Na Universidade Federal do Paraná, onde cursei geolgoia, o TCC é realizado concomitantemente ao mapeamento de graduação, ou seja, além das dificuldades de disponibilização dos recursos financeiros o cronograma acaba ficando bastante restrito para o desenvolvimento deste trabalho.

2º Lugar Gabriela Reis Piazzetta

2º Lugar Gabriela Reis Piazzetta pela autoria trabalho: Aplicação do laser scanner na análise de estabilidade em escavações subterrâneas: Mina Tabiporã, Campo Largo – PR.

A idéia do trabalho é antiga, durante um estágio trabalhei com o monitoramento geotécnico de túneis em uma central hidrélétrica, desde esta época eu percebi a dificuldade de monitoramento dessas obras e os riscos humanos envolvidos.

Esta idéia ficou na minha cabeça, até quando eu assiti a palestra Milton Vargas da ABMS em Curitiba, ministrada pelo prof. André Assis entitulada "Escavação em Maciços Rochosos: Caracterização, Modelagem e Comportamento (Casos Históricos)", que demostrava a aplicação de tecnologias de modelagem 3D nas escavações subterrâneas.

Foi ai que eu decidi o tema do meu TCC, mas entre a idéia e a pratica foi um longo caminho.

A idéia era utilizar uma tecnologia de monitoramento remoto na análise de queda de blocos em escavação subterrânea.

Na literatura havia trabalhos descrevendo a utilização de Laser scanner no imageamento e identificação automática de estruturas geológicas, como planos de fratura em taludes de rodovias, esta seleção era feita com base nos pontos com coordenadas x, y e z da nuvem de pontos do laser e nos pixels RGB da imagem das cameras fotograficas.

No caso da excavação subterrânea, pela falta de luz solar, trabalhamos somente com os dados da nuvem de pontos, o que exigia uma densidade de pontos maior e uma maior capacidade de processamento.

Foram varias etapas de trabalho em conjunto com os meus orientadores, professora Dra. Bárbara Trazcos e professor Dr. Álvaro Machado, desde a seleção da área de estudo, o acordo de colaboração com os fabricantes do Laser Scanner da FARO, que forneceram o equipamento e os dados, o desenvolvimento das ferramentas de análise, até mesmo encontrar um computador que fosse capaz de processar a grande quantidade de dados que foram gerados no imageamento com o Laser foram tarefas determinantes para que o trabalho fosse concluido.

Receber o 2° lugar em um prêmio tão importante como o Figueiredo Ferraz é um reconhecimento enorme do trabalho que foi feito e um incentivo aos trabalhos de pesquisa que possuem aplicações práticas, com a aproximação da academia com as empresas. Receber este prêmio também foi uma forma de divulgação deste trabalho, varia pessoas interessadas no assunto e que podem contribuir com o avanço desta pesquisa me procuraram para saber mais sobre o assunto. É uma área que ainda demanda muito estudo, mesmo o meu TCC apresenta as dificuldades técnicas que enfrentamos e deixamos sugestões para trabalhos futuros, mas poder contribuir com uma pequena parte para o desenvolvimento destas tecnologias nas obras de escavação subterrânea é uma experiência incrível.