Com a presença do presidente da ITA, comitiva brasileira ao WTC 2019 reúne-se em SP

Com a presença do engenheiro Tarcísio Barreto Celestino, presidente da ITA (Associação Internacional de Túneis e do Espaço Subterrâneo), integrantes da comitiva brasileira que irão ao Congresso Internacional de Túneis (WTC 2019), em Nápoles, reuniram-se em São Paulo no dia 10 de abril, na sede do Instituto de Engenharia. O objetivo do encontro foi preparar a participação dos brasileiros no Congresso, especialmente nos Working Groups, cujos trabalhos são focados no estudo e emissão de documentos que retratem o estado da arte das várias áreas da engenharia de obras subterrâneas. O grupo brasileiro deve contar com cerca de 30 participantes, inclusive profissionais que atuam em países como Alemanha, Austrália, Canadá e Espanha.

Falando por Skype, o presidente do Comitê Brasileiro de Túneis, Jairo Pascoal Júnior, saudou os participantes da reunião, ressaltando a importância da participação brasileira nos Working Groups. “É fundamental o nosso engajamento nos WGs não só para trazer as últimas inovações técnicas para o nosso país como também para oferecer informações do Brasil para a ITA, estabelecendo na prática um intercâmbio entre as nossas comunidades técnicas”, disse Jairo. “Isso é importante também para que possamos manter ativos os ‘espelhos’ brasileiros desses grupos”.

Um dos organizadores do encontro e da própria comitiva brasileira foi o engenheiro Flavio Lobato, que fez a abertura do encontro, agradecendo a presença de todos e explicando os objetivos da reunião. Participaram também da organização do encontro o secretário geral do CBT, Adriano Saldanha, e o engenheiro Alex Nowak La Flor, vice-presidente do CBT Young Members.

Cassio Moura, diretor do CBT, fez em seguida uma breve retrospectiva da participação brasileira nos congressos de túneis já realizados e disse que a comitiva brasileira ao WTC 2019 será uma das duas mais expressivas da história.

Werner Bilfinger, ex-presidente do CBT, falou de seu entusiasmo quanto à participação nos grupos de trabalho de congressos anteriores. “É uma experiência gratificante, que permite conhecer mais profundamente tudo o que de mais importante acontece na engenharia de túneis pelo mundo”.

O engenheiro Akira Koshima, também ex-presidente do CBT, fez uma retrospectiva da história do Comitê Brasileiro de Túneis. Ressaltou a importância, para os destinos do CBT, da atuação de Tarcísio Barreto Celestino, atual presidente da ITA, e de André Assis, ex-presidente da mesma associação e ex-presidente do CBT. “Eles tiverem e têm uma atuação excepcional que fornece a todos nós referências permanentes no campo técnico”, afirmou Akira. “É notável também a atuação desses dois colegas em favor da indústria de túneis no Brasil e no mundo”.

O presidente da ITA, Tarcísio Barreto Celestino, cuja gestão à frente da Associação encerra-se no Congresso de Nápoles, agradeceu o apoio que recebeu por parte de toda a comunidade tuneleira do país desde o momento de sua candidatura à Presidência da organização. Ele lembrou que é tradição na ITA uma participação ativa dos ‘past presidents’ no Conselho Executivo da Associação. 

Celestino sugeriu atenção especial ao Working Group 20, que trata de Soluções Subterrâneas para Problemas Urbanos, ressaltando ser fundamental difundir a cultura de túneis no Brasil. “Esse grupo de trabalho tem justamente o objetivo de disseminar o uso do espaço subterrâneo nas metrópoles mundiais”. 

Os participantes da comitiva brasileira ao WTC 2019 terão a missão de apresentar uma síntese do congresso para os brasileiros que não puderem participar do evento em Nápoles. Está agendado para o dia 11 de junho, na sede do Instituto de Engenharia, em São Paulo, a realização do “Ecos do WTC 2019”, como lembrou o presidente do CBT, Jairo Pascoal Júnior.

Confira o álbum de fotos do evento.